Escolha uma Página
Joan é Péssima | Review do primeiro episódio de Black Mirror 6 e as consequências da exposição de dados pessoais

Joan é Péssima | Review do primeiro episódio de Black Mirror 6 e as consequências da exposição de dados pessoais

por | jun 26, 2023 | Notícias, Review, Séries

Idioma: Português Português Inglês Inglês Espanhol Espanhol

5
(1)

No primeiro episódio da 6ª temporada de “Black Mirror“, intitulado Joan é Péssima, “Joan is Awful”, acompanhamos Joan, uma mulher comum que descobre que a plataforma de streaming, Streamberry, em que é assinante, lançou uma série de TV baseada em sua vida em tempo real, na qual ela é retratada pela famosa atriz Salma Hayek.

Joan é Péssima | Review do primeiro episódio de Balck Mirror 6

A princípio Joan acha que é uma pegadinha de seu noivo, porém percebe que a série está revelando detalhes que somente ela tinha presenciado, mas com uma certa dose de exageros por parte da trama, o que piora ainda mais a situação de Joan. O interessante é que todos os envolvidos estão assistindo ao mesmo tempo e a coisa vai se propagando para outras pessoas.



A vida de Joan vira um caos quando os detalhes mais íntimos de sua vida são mostrados para o mundo, fazendo com que ela perca sua carreira, seu noivo Krish e até mesmo seu ex-namorado Mac.



Nota: Streamberry é uma plataforma de streaming que é uma paródia da própria Netflix e também está disponível em todas as plataformas, desde TV, computadores e celulares.



No meio deste caos vemos que a série continua passando, e a personagem Joan, de Salma Hayek, passa pela mesma situação porém quem a interpreta nesta versão é a atriz Cate Blanchett.

Joan se desloca até o escritório Skillane para falar com sua advogada, mas descobre que não pode processar a Streamberry, pois Joan concordou com os termos e condições da empresa, apesar de nem ter lido o contrato. Ela também não pode processar Salma Hayek, pois a atriz licenciou sua imagem para a Streamberry, que utiliza CGI avançado para criar a série em um supercomputador quântico usando tecnologia deepfake.



Em conversa com sua advogada, além de tomar conhecimento que nada pode ser feito por causa dos termos e condições da empresa, Joan se apega a uma “piada” feita por sua advogada sobre a tecnologia utilizada na série: “Eles poderiam fazer a Salma Hayek chupar um orangotango se quisessem, mas a atriz iria desaprovar.

Sem ter por onde ir, Joan visita Mac, que está assistindo a série, na esperança de ser confortada. Mac conta a Joan que tudo está sendo gravado para a série, o que deixa Joan furiosa. Joan deixa Mac no quarto e vai até a sala e dá play na série, e ouve novamente o momento em que sua advogada diz a Joan de Salma Hayek sobre a “piada” do orangotango, o que faz com que Joan tenha uma ideia absurda de bagunçar a série e chamar a atenção de Salma Hayek.



Determinada em zonear a série e fazer com que Salma pareça terrível, Joan consome vários hamburguers e laxante com bebida alcólica. No rótulo do laxante consta a informação de rápida ação, causando forte evacuação em 20 minutos. Joan se veste de líder de torcida e acaba interrompendo um casamento, defecando por todo o lugar.

Joan é Péssima | Review do primeiro episódio de Balck Mirror 6

Sua tentativa de chamar a atenção de Salma Hayek funciona quando sua imagem é vista reencenando a cena de Joan defecando na igreja. Salma Hayek também não pode processar a Streamberry, então, depois de demitir seu advogado, ela procura Joan.

Juntas, Joan e Salma decidem tentar derrubar a Streamberry visitando a sede, onde o supercomputador quantico avançado, que cria a série, está localizado. Salma consegue levar Joan secretamente para dentro do prédio, e juntas elas chegam ao escritório da CEO da Streamberry, Mona Javadi, que está sendo entrevistada. Ouvindo a entrevista, Joan e Salma descobrem a localização do computador quântico avançado que é sofisticado o suficiente para criar vários universos para criar séries.

Black Mirror 6 episódio Joan Is Awful - A Joan é Péssima
Black Mirror 6 episódio Joan Is Awful – A Joan é Péssima

Joan e Salma encontram o computador quântico e o nerd que administra o computador. Pressionado o operador revela que o mundo em que vivem é a primeira camada da simulação da vida de Joan feita pelo computador quântico e que a Joan que assistimos o tempo todo é baseada na imagem da atriz canadense Annie Murphy. Até mesmo o operador está ciente de sua própria natureza simulada e sabe que sua imagem é baseada no ator .

O operador com deepfake de Michael Cera explica as camadas do universo da série:

  • Joan real – Assiste à sua vida retratada por Annie Murphy.
  • Joan camada 1 (Annie Murphy) – Assiste à sua vida retratada por Salma Hayek.
  • Joan camada 2 (Salma Hayek) – Assiste à sua vida retratada por Cate Blanchett.
  • Joan camada 3 (Cate Blanchett) – Assiste à sua vida retratada por uma atriz não revelada.
Joan é Péssima | Review do primeiro episódio de Balck Mirror 6

Incrédulas, o operador explica que isso faz sentido pois eles devem realmente acreditar que são reais. Joan, versão Annie Murphy, pega o machado de Salma Hayek, e se aproxima do computador quântico para destruí-lo. Mona chega e tenta convencê-la a desistir de destruir o computador quantico, revelando que, se ele for destruído, as vidas simuladas de bilhões de pessoas e multiversos serão destruídas. Joan percebe que suas ações estão completamente fora de seu controle e entende que ela está na frente do computador quântico porque a Annie do mundo real está prestes a destruí-lo.

Quando Joan desfere o golpe final com o machado, destruindo o computador quântico, sua aparência muda para a verdadeira Joan, e no lugar de Salma Hayek está a atriz Annie Murphy.





Um tempo se passa e vemos Joan conversando com sua terapeuta que está seguindo em frente com sua vida. Ela está namorando novamente e aprendeu que está tudo bem ficar sozinha. Joan mudou de carreira e abriu a cafeteria com a qual sempre sonhou. No entanto, por suas ações na Streamberry, ela é colocada em prisão domiciliar e recebe uma tornozeleira eletrônica com GPS.

Na cafeteria de Joan, Annie Murphy entra e faz uma surpresa à Joan. As duas se tornaram amigas, e pelos atos que as duas causaram à Streamberry, ambas estão com tornozeleira eletrônica em prisão domiciliar.

Conclusão

Estariam a realizade mostrada o final sendo ainda uma simulação? Sim mas neste caso sob a nossa perspectiva de expectadores da Netflix e não mais da Streamberry.

Um outro ponto é que mais uma vez Black Mirror está alguns anos do nosso tempo, em um futuro bem próximo, onde podemos ver como a tecnologia atual de Chatgpt, Deepfake, atores licenciando suas vozes e rostos para serem utilizados em novos filme mesmo quando não estiverem mais vivos.

A abordagem de Joan é Péssima, nos mostra o quanto é perigoso em aceitarmos os termos apresentados nas plataformas sem ao menos ler e em apenas concordar, sem se dar conta o quanto é perigoso os itens que ali estão. Se quer ter uma noção do quanto estamos expostos, se permita ler os termos da plataforma Instagram e o quanto que estamos abrindo as portas para nossa intimidade com os algoritmos das plataformas.

Mesmo com a lei LGPD, nossos dados já foram coletados muito antes desta lei e ainda continuam sendo violado nossos direitos, seja em pedir nosso cpf para nota fiscal em grandes lojas, câmeras de reconhecimento facial nas ruas, nossos celulares com câmeras e microfones abertos e gps ativados informando nossas localizações.

A barreira da privacidade já foi mais do que derrubada, então cabe a nós nos policiarmos o máximo possível para que nossos dados não caiam em mãos erradas.

Black Mirror 6 episódio Joan Is Awful - A Joan é Péssima

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Outros artigos que você possa se interessar




Diversão: Quizes

Review de Filmes e Séries

Filmes e Séries

Livros e Quadrinhos

Nação Zumbi: Uma Antologia de Contos – Pris Magalhães

Nação Zumbi: Uma Antologia de Contos – Pris Magalhães

Nação Zumbi é uma coleção visceral que explora os confins mais sombrios da humanidade através das lentes de um apocalipse zumbi. Nação Zumbi, um tributo a George A. Romero, contos de Pris Magalhães Sinopse Nação Zumbi Nas ruínas de São Paulo, uma cidade outrora...

Ciência e Tecnologia