Escolha uma Página
“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

por | jan 1, 2023 | Canal de Astronomia, Notícias, Tecnologia

Idioma: Português Português Inglês Inglês Espanhol Espanhol

5
(6)

Larittrix, adolescente divulgadora científica já apresentada aqui anteriormente por ter concluído uma análise sobre tamanho e luminosidade de 1.400 galáxias, dessa vez, chama atenção por ter liderado equipes de jovens cientistas que, juntos, já somam mais de 30.000 classificações de galáxias do espaço. Parece coisa de filme, né? Mas é real!

A jovem cearense de Pires Ferreira (zona rural), que já detectou mais de 10 asteroides em programa da National Aeronautics and Space Administration (NASA) e do International Astronomical Search Collaboration (IASC) trabalhando para projetos como o Grupo InSpace, a equipe internacional Detetives do Cosmos ou para suas próprias equipes que se autodeclaram carinhosamente como Time Larittrix, faz parte do projeto “Galaxy Cruise”, ou Cruzeiro das Galáxias, do Observatório Astronômico Nacional do Japão (NAOJ). São recebidas imagens feitas por uma câmera de alta tecnologia (Hyper Suprime-Cam) com apoio do Telescópio Subaru. Segundo a mesma, galáxias são grandes estruturas formadas por inúmeros corpos celestes, como estrelas e planetas, além de poeira e gás cósmico e por já ter conquistado a experiência que era necessária e aprendido a classificar as galáxias, decidiu “é hora de compartilhar o que aprendi!”



“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

Foto do Time Larittrix (alguns dos 58 membros): Camilla Mendes, Caio, Samuel, Leandro, Eduardo, Laurinha e Giovanny

Ela conta que dividiu seus “mentees” (mentorados) em algumas equipes distintas para organizar melhor, e dentre eles, alguns se destacaram muito no programa. “Foi além do que eu imaginei! Eles são orgulho para o Brasil inteiro”. Inclusive, a equipe foi convidada para a Semana Nacional de Tecnologia 2022, em Brasília, onde Larittrix palestrou e foi entrevistada por várias instituições. Dentre elas, o próprio Ministério de Ciência e Tecnologia do país.



Vídeo da entrevista:


“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

Sem Parar nas Galáxias

O “Projeto Sem Parar” é um projeto incrível de preparação para olimpíadas científicas, 100% de mulheres ensinando e aprendendo com mulheres. Temos estudantes desde crianças a cientistas já formadas em áreas STEM, é uma comunidade muito linda e acessível, repleta de protagonismo feminino. Amo ser mentora do Sem Parar nas Galáxias. Lá, tenho uma aluna pernambucana que nunca deixa de me surpreender, ela se chama Laura, mas assim como eu com “Larittrix” ela é mais conhecida pelo apelido, é nossa “Laurinha.” Diz, Larissa.




Foto da Laurinha classificando galáxias e as duas juntas quando se conheceram em Brasília durante a SNCT:

“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

Maria Laura da Rocha Figuerêdo (Laurinha), 13 anos, pernambucana, 3400 galáxias classificadas. Como é visível na imagem a seguir, Laurinha ficou no topo do Ranking mundial, assim como eu e o Giovanny Arthur.



“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês
“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

MSO nas Galáxias

MSO” é abreviação de Math Show Olympics, esse nome representa, talvez, o maior grupo de estudos para olimpíadas científicas do Brasil. Não se paga nada para participar, é uma comunidade de estudantes olímpicos de diversas idades espalhados pelo Brasil que se reúnem para discutir e resolver questões, divulgar oportunidades, às vezes simplesmente conversar e se apoiar. Eu fiz amizades incríveis lá, algumas começaram online e hoje tenho a honra de conviver pessoalmente, também posso dizer com orgulho que hoje faço parte do time administradores da Math Show. Conheçam! É incrível!”

Um dos maiores destaques desse meu projeto com as galáxias foi o Giovanny, ouso afirmar que esse garoto bateu recorde brasileiro! Ele se empenhou muito no projeto e já classificou mais de — galáxias.” Segue print e foto dele:

Foto do Giovanny Arthur Albuquerque representando a MSO nas Galáxias:

InSpace nas Galáxias

“O grupo InSpace foi um grupo criado com a intenção de incluir mais pessoas nas ciências espaciais, mas hoje, podemos dizer que fomos muito além disso. Temos membros e embaixadores no país inteiro e mais um embaixador em Moçambique, impactamos crianças, jovens, adultos, idosos… Assistimos e realizamos palestras, participamos de eventos e feiras de ciência juntos, aprendemos bastante e depois levamos o conhecimento até as pessoas que não fazem parte do grupo, mas se você pensar bem, todas as pessoas impactadas fazem parte da nossa comunidade. Já fomos reconhecidos pelo astronauta Marcos Pontes. Foi nomeada como Porta-Voz do grupo InSpace. Claro que eu não poderia deixar o InSpace de fora dos projetos, não é? Por isso, pedi a ajuda de uma membro que gosto muito, também um grande nome na área, a Laysa Peixoto (esse ano ela fez uma extracurricular na NASA), e juntas, desenvolvemos uma palestra de apresentação para o grupo. O Daniel Bruno foi quem mais se destacou com meu projeto no InSpace.





Foto do Daniel Bruno Lobo representando o grupo InSpace:

“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

31 anos de idade, 131 galáxias classificadas:

“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

Larissa conta que por questões financeiras nem todos conseguiram estar presentes em Brasília, mas que é muito grata por todos que participam dessa equipe, em especial quem fez questão de deixar um relato para a nossa matéria:

Levy Magalhães – 14 anos, multimedalhista em olimpíadas científicas, aluno do Medalhei e atual embaixador do projeto Pires Ferreira nas Estrelas:

“Time Larittrix” ultrapassa recordes, fica em primeiro lugar mundial e são homenageados em programa de pesquisa japonês

Me sinto muito feliz de participar de projetos científicos, porém participar da Caça de Asteroides e do Galaxy Cruise superou todos, abriu minha mente em todos os sentidos. O Trabalho em equipe me deixou cativado em função ao apoio, me sinto muito feliz e impactado com todos os aprendizados, minha vida mudou! Larittrix me fez perceber que a vida é linda com ciência me ajudou a ver o mundo com outros olhos, literalmente me inseriu no universo e é muito bom saber que aqui não temos restrições ou preconceitos: qualquer pessoa que ama astronomia participa se estiver interessada e enviar mensagem para a Lari

Obrigada, Time Larittrix e todos que valorizam a ciência!


O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Outros artigos que você possa se interessar




Diversão: Quizes

Review de Filmes e Séries

Filmes e Séries

Livros e Quadrinhos

Ciência e Tecnologia