Escolha uma Página
O Efeito Borboleta | Ashton Kutcher e Amy Smart em filme de ficção científica sobre viagem no tempo e suas consequências

O Efeito Borboleta | Ashton Kutcher e Amy Smart em filme de ficção científica sobre viagem no tempo e suas consequências

por | fev 17, 2023 | Filmes, Notícias

Idioma: Português Português Inglês Inglês Espanhol Espanhol

5
(1)

O Efeito Borboleta é um filme de suspense e ficção científica lançado em 2004, dirigido por Eric Bress e J. Mackye Gruber. O filme é estrelado por Ashton Kutcher como Evan Treborn e Amy Smart como sua amiga de infância Kayleigh Miller. O enredo do filme segue Evan, que tem a habilidade de voltar no tempo e mudar eventos passados em sua vida, mas descobre que suas mudanças têm consequências imprevisíveis e desastrosas no futuro.

A história começa quando Evan, um jovem estudante universitário, encontra um diário escrito por ele mesmo quando criança. Ao ler o diário, ele é transportado de volta no tempo para sua infância, onde começa a reviver traumas que sofreu ao lado de Kayleigh, sua amiga de infância e filha de um alcoólatra abusivo. Evan começa a usar sua habilidade de viajar no tempo para mudar o passado e tentar salvar Kayleigh e seus amigos de um destino trágico.



Conforme Evan volta no tempo e faz mudanças em sua história, ele começa a perceber que cada mudança tem um efeito em cascata, levando a consequências imprevisíveis e às vezes até piores do que as originais. Ele acaba voltando várias vezes no tempo, tentando consertar as coisas e acabando sempre em novos problemas.

Quanto aos atores, Ashton Kutcher entrega uma atuação impressionante como Evan, mostrando a evolução do personagem conforme ele vai descobrindo sua habilidade e lidando com as consequências de suas escolhas. Amy Smart também está ótima como Kayleigh, transmitindo a dor e o sofrimento da personagem com muita sensibilidade.



No final do filme, Evan decide fazer uma escolha difícil para tentar salvar Kayleigh e seus amigos de um futuro sombrio. Evan se vê em uma linha do tempo completamente diferente, onde ele nunca conheceu Kayleigh e seus amigos e sua vida é completamente diferente. Ele acaba encontrando Kayleigh novamente andando na rua nesta nova linha do tempo, mas percebendo tudo que passou, decide seguir em frente não estabelecendo contato com Kayleigh, temendo que possa causar alguma mal a ela. O final também traz uma reflexão sobre a nova linha do tempo, onde, de forma ambígua, deixa o espectador se perguntando se Evan realmente conseguiu consertar as coisas ou não.

O Efeito Borboleta é um filme intrigante e emocionante, com um enredo bem elaborado e atuações excelentes. Ele desafia o espectador a refletir sobre a importância de nossas escolhas e como elas podem ter consequências imprevisíveis e duradouras em nossas vidas e na vida das pessoas ao nosso redor.




O Final Alternativo de O Efeito Borboleta

O final alternativo de O Efeito Borboleta foi incluído nos lançamentos em DVD do filme e é diferente do final que foi exibido nos cinemas. Neste final alternativo, Evan volta ao presente e descobre que, depois de todas as suas viagens no tempo, ele agora vive em uma linha do tempo onde ele nunca conheceu Kayleigh ou seus amigos de infância. Ele se reconcilia com a mãe, que não tinha sido assassinada em sua nova linha do tempo, e parece estar feliz com a vida que leva.

No entanto, quando Evan vai até uma caixa onde ele guarda coisas do passado, ele encontra uma foto dele e Kayleigh juntos. A imagem o faz lembrar de tudo o que aconteceu em sua vida passada, incluindo os traumas que sofreu com ela. Evan, então, volta no tempo uma última vez e se encontra com Kayleigh no dia em que eles se conheceram pela primeira vez. Eles se apresentam um ao outro e conversam brevemente antes de se despedir.



Ao retornar ao presente, Evan se encontra em uma linha do tempo onde ele nunca conheceu Kayleigh, mas agora tem lembranças de suas viagens no tempo com ela. O filme termina com Evan andando na rua falando ao telefone e acaba vendo Kayleigh passar por ele. Eles se entre olham e se cumprimentam e Kayleigh sente uma conexão com ele. Então o filme termina com Evan convidando Kayleigh para tomar um café juntos, o que ela aceita de imediato.

Esse final alternativo oferece uma visão mais otimista do destino dos personagens, sugerindo que Evan ainda tem alguma conexão com Kayleigh, mesmo que eles nunca tenham se conhecido em sua nova linha do tempo. É um final mais esperançoso e emocional do que o final do cinema, mas também deixa em aberto muitas questões sobre como as viagens no tempo de Evan afetaram sua vida e a de outras pessoas.


Sequência de O Efeito Borboleta

O Efeito Borboleta tem apenas um filme principal, lançado em 2004, com Ashton Kutcher no papel principal de Evan Treborn e Amy Smart como Kayleigh Miller, sua amiga de infância e interesse amoroso.

No entanto, existem duas sequências diretas em vídeo do filme, intituladas O Efeito Borboleta 2 e O Efeito Borboleta 3: Revelação. Nenhum dos atores do elenco original retorna para essas sequências e eles apresentam personagens e histórias completamente novos.

O Efeito Borboleta 2, lançado em 2006, é estrelado por Eric Lively como Nick Larson, um homem que descobre a habilidade de viajar no tempo e tenta impedir o assassinato de sua namorada. Erica Durance, Dustin Milligan e Gina Holden também estrelam o filme.





O Efeito Borboleta 3: Revelação, lançado em 2009, tem Chris Carmack como Sam Reed, um homem que descobre que sua namorada morreu em um acidente de carro, mas pode viajar no tempo para tentar salvá-la. Rachel Miner, Melissa Jones e Kevin Yon também estrelam o filme.

Embora as sequências tenham tentado seguir o mesmo conceito de viagem no tempo do filme original, elas foram recebidas com críticas mistas e não tiveram tanto sucesso quanto o filme original.

O Efeito Borboleta | Ashton Kutcher e Amy Smart em filme de ficção científica sobre viagem no tempo e suas consequências

Trilha sonora de O Efeito Borboleta

A trilha sonora de O Efeito Borboleta é composta por uma variedade de músicas que ajudam a criar a atmosfera emocional e tensa do filme. A música é usada para realçar as cenas dramáticas e as mudanças de tempo, e muitas das músicas escolhidas são da década de 1990, quando a maior parte do filme se passa.

A trilha sonora inclui músicas de artistas como Evanescence, Bon Jovi, Oasis, Nine Inch Nails, entre outros. Uma das músicas mais memoráveis ​​do filme é “Lullaby” da banda Low, que é usada em uma cena dramática em que Evan volta no tempo e vê seu pai cantando a música para ele quando criança.

Outra música destacada no filme é “It’s Too Late” de Evermore, que é usada durante a cena em que Evan descobre que sua mãe foi assassinada. A música é emotiva e triste, enfatizando a trágica revelação que Evan está enfrentando.

O final do filme é contemplado com a música de Oasis – Stop Crying Your Heart Out, onde Evan encontra casualmente com Kayleigh Miller, sua amiga de infância e interesse amoroso.

Oasis – Stop Crying Your Heart Out

A trilha sonora de O Efeito Borboleta também apresenta músicas instrumentais, compostas por Michael Suby, que ajudam a estabelecer a atmosfera tensa e misteriosa do filme. Essas músicas são usadas em cenas de suspense e nas transições entre as viagens no tempo de Evan.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.


Outros artigos que você possa se interessar




Diversão: Quizes

Review de Filmes e Séries

Filmes e Séries

Livros e Quadrinhos

Ciência e Tecnologia